Yandex Metrika
Tipos de vinhos

O que é Lambrusco?

Na hora de fazer a compra daquele vinho que irá acompanhar o seu final de semana, você, certamente, já deve ter parado em frente à gôndola do supermercado e não sabia o que levar. Isso é super normal, em particular para aqueles que não têm lá muita familiaridade com o universo da enologia. E se a sua opção foi levar uma garrafa de Lambrusco, sem nunca tê-lo experimentado, se perguntou se é vinho ou espumante, não é mesmo? 

Pois bem. Trata-se de uma dúvida bastante recorrente entre os degustadores principiantes. E a interrogação é justificável, em virtude de o vinho ter se popularizado somente a partir dos anos 1970, e ser muito confundido com espumantes. 

Vinho Lambrusco
Lambrusco é um dos vinhos de produção mais antiga da Itália.

Um breve histórico

O Lambrusco começou a ter visibilidade mundial a partir do aumento de sua venda para os Estados Unidos e norte da Europa. Com uma importação anual de cerca de 600 milhões de garrafas, ele é atualmente, um dos vinhos mais exportados pela Itália. 

Nesse sentido, o interesse por ele em mercados fora desse país se deve às características de um vinho menos encorpado, “descompromissado”, pouco álcool e para beber bem refrescado, o que torna ele mais atraente para os enófilos iniciantes. Ele pode ser doce, semi-doce ou seco. Originalmente tinto, entretanto, podem ser encontrados também nas versões branco e rosé

Origem do Lambrusco

Originário da região de Emilia Romagna, cuja capital é Bolonha e famosa por sua gastronomia, é um dos vinhos de produção mais antiga da Itália. De estilo jovem e de consumo rápido, sendo um dos mais antigos da Itália, com mais de mil anos de história, pelo menos em termos de produção. Estima-se que os etruscos – civilização anterior à civilização romana -, já cultivavam a uva vinífera da qual é feita a bebida antes mesmo do desenvolvimento da civilização romana.

Ou seja, é uma bebida que tem mais de mil anos de história, pelo menos em termos de produção e o nome se refere ao conjunto de cerca de 60 variedades de Vitis vinifera e com elas é feito um tipo de vinho tinto frisante de nome homônimo.

O Lambrusco se origina de uma cepa bastante vigorosa.
O Lambrusco se origina de uma cepa bastante vigorosa.

A uva

A Lambrusco é muito bonita, salta aos olhos sua cor que varia do rubi ao quase negro, igualmente reproduzida em seus vinhos. Amadurece tardiamente e aproveita-se do sol de todo o outono europeu. É justamente isso que faz dela menos doce, no entanto, muito leve. 

Seu nome já foi motivo de discussão, devido ao significado original, mas, hoje, ele se refere às variedades aparentadas de V. vinifera, sendo as mais conhecidas: Grasparossa, Maestri, Marani, Montericco (Selvativa ou Salvatica), Salamino e Sorbara. Lambrusco Maestri é a variação mais cultivada dentro e fora da Itália.

Consequentemente, o nome também delimita o conjunto de estilos de vinho produzidos a partir delas. Cada variedade tem suas próprias regras de produção seguindo a Denominação de Origem Controlada (DOC) para os vinhos de mais alta gama, até a Indicação Geográfica Típica (IGT) para os vinhos mais simples.

Nesse contexto, os vinhos Lambrusco Grasparossa di Castelvetri e Lambrusco Salamino di Santa Croce, correspondem ao mínimo de variedade típica de 85%. Agora, o di Sorbara inclui 60% da variedade nomeada, podendo conter até 40% de Lambrusco Salamino e/ou 15% de outras uvas autorizadas a fazerem parte da composição do tipo de Lambrusco. Há outros nomes que classificam outros vinhos do grupo, dentre eles: o Lambrusco Mantovano, que tem outro DOC, contudo, não é uma especialidade de Lambrusco. Outros exemplos são o Modena, o Reggiano, também é possível se referir a ele como Lambrusco di Reggiano.

Lambrusco é vinho de qualidade

Não é um vinho de má qualidade. Embora não se trate de um rótulo que nasça de uma cepa vigorosa, esta é muito resistente à diversidade climática, o que favorece a produção de uma bebida com pouco teor de açúcar, leveza, acidez destacada, além de um forte aroma de frutas vermelhas. Ou seja, possui qualidades que vão além do esperado durante a degustação.

Não é frisante

Muitos acham que devido à presença do gás na bebida ela seja do tipo espumante, o que não procede. Assim sendo, nem todo frisante é Lambrusco. O frisante tem pouco gás carbônico originado a partir da fermentação da uva. No caso do Lambrusco, o processo de fermentação acontece apenas uma vez. Além disso, são produzidos na Itália. Todos os demais de outras regiões são classificados ora como espumantes, ora como champagnes.

Classificação

A classificação dos Lambruscos é feita de acordo com o teor de açúcar presente na bebida (note que já mencionamos essa questão antes). Eles podem ser Secco, Semisecco, Amabile, Doce. Assim, a escolha por um desses vai depender, basicamente, do gosto particular do apreciador.

Como escolher

Para escolher um bom Lambrusco, tenha como critério o preço de vinho. Isto porque dificilmente uma garrafa de qualidade custará menos que R$ 50,00 (o vinho é comercializado em euro, mais as taxas de importação). Muitos, em decorrência da alta do dólar, ultrapassam a casa dos R$ 100,00.

Na hora da compra, é importante observar ainda as informações constantes nos rótulos das garrafas. Os melhores recebem as seguintes denominações:

  • Lambrusco de Sorbara (considerado o melhor de todos);
  • Grasparossa;
  • Salamino.

Os rótulos que trouxerem os dizeres “made in Italy” ou “made in Emilia Romana”, infelizmente, possuem qualidade inferior.  Fuja deles. Em média, uma garrafa sai por R$ 30,00.

Em média, uma garrafa sai por R$ 30.00.
Em média, uma garrafa sai por R$ 30.00.

Como harmonizar lambrusco

Presunto Parma com Queijo
Presunto Parma com Queijo

Já sabemos que o Lambrusco é originário de uma região italiana famosa por sua gastronomia. Emilia Romagna é berço de produtos famosos como queijo parmegiano, presunto parma, e outros pratos como a famosa lasanha. Também é referência na produção de molhos vermelhos como o bolonhesa. Ainda neste contexto, tem uma grande protagonista: as massas frescas.

Logo, já dá para imaginar que o Lambrusco harmoniza muito bem com todos os tipos de massas, em particular as frescas, combinadas com os molhos vermelhos. Ele cai muito bem inclusive com salada de frutas e, neste caso, optar pelo Lambrusco Doce, é uma ótima pedida.

Lambrusco harmoniza muitos bem com massas, especialmente as frescas.
Lambrusco harmoniza muitos bem com massas, especialmente as frescas.

Entende agora o que é Lambrusco? Uma bebida jovem, refrescante, sem envelhecimento, com baixo teor de açúcar e que harmoniza muito bem com diferentes pratos. E para degustar um de qualidade, não caia na armadilha de comprar o mais barato, pois, certamente, ele será frisante.

Avatar de Cris Oliveira
Cris Oliveira, Empreendedora Digital, Entusiasta da Enologia, Especialista em Língua Portuguesa, Blogueira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.