Sobre Vinhos

Vinho Verde: O que é, como é produzido e harmonização

Quer entender tudo sobre o vinho Verde? Aqui vamos mostrar tudo e um pouquinho do que você precisa saber sobre ele: sua origem, o que é, como é produzido, as uvas de sua composição, os vinhos mais famosos e seus preços.

Vamos lá?

A origem do Vinho Verde

A região de Minho é famosa por cultivar uvas há mais de 2000 anos e desde a Idade Média, os vinhos produzidos nessa região são reconhecidos por sua qualidade e suas características únicas.

O vinho Verde foi o primeiro produzido em solo lusitano a ser exportado mundialmente, e logo se tornou fundamental para a economia da região. Em 1926, após o golpe militar, foi criada a CVRVV ( Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes) e, mais tarde, o nome “vinho Verde” foi oficialmente aceito pela Organização Internacional do Vinho.

A cor do vinho

Você deve estar pensando que a bebida recebeu esse nome pela sua coloração, está enganado! Na verdade, o vinho foi denominado desta maneira pelo breve processo de maturação das uvas utilizadas e pelo pequeno período de armazenamento antes do vinho ser engarrafado.

A uva verde possui alto teor de acidez, responsável pela fermentação, entretanto, possui baixo teor alcoólico e doçura, deixando o sabor muito fresco e leve. É necessário garantir que a área de cultivo possua solos muito úmidos e com PH baixo para obter o esse sabor único!

Harmonização Vinho Verde

Uva Alvarinho

O vinho é verde, mas a uva é branca! A uva branca, denominada como Alvarinho, se adaptou melhor na região norte de Portugal, no Minho. Esse tipo de uva produz vinhos tipicamente frescos, aromáticos e muitas vezes com sabor de frutas cítricas e flores.

A qualidade dos vinhos verdes tem melhorado muito nos últimos anos, pela maior preocupação da qualidade dessas uvas ! Maravilhoso, né?

A produção do Vinho Verde

O processo de produção do vinho Verde é bem parecido com o dos outros vinhos, entretanto, existem pequenos detalhes que fazem toda diferença e transformam esse vinho em uma bebida especial!

Um desses detalhes é que o processo de fermentação quase não passa por uma fase de maturação, ou seja, o vinho fica armazenado por pouco tempo antes de ser engarrafado.

Além disso, a maneira como as parreiras são cultivadas, também difere de outros cultivos. A videira é plantada ao pé de uma árvore e ela cresce livremente, sem ser podada ou adubada.

Por último, há a adição de dióxido de carbono, para deixar as uvas gaseificadas. No mínimo interessante, certo?

Vinho Verde recomendado e seus preços

Vinho Verde Artefacto 2017

Os vinhos Verdes geralmente são comercializados por preços mais acessíveis e são fáceis de encontrar em sites online.

Um dos melhores vinhos Verdes é o Artefacto D.O.C., meio seco, leve, ácido e cítrico, que custa em torno de R$50,00.

Outra opção acessível e maravilhosa é o vinho Protos D.O. Rueda Verdejo 2017, seco, ácido e de final agradável, seu preço gira em torno de R$80,00.

Além desses dois existem várias opções de vinhos Verdes portugueses, espanhóis, argentinos e outros para você decidir qual deles se encaixa melhor para o seu contexto!

Gostou de conhecer tudo sobre o vinho Verde? Esperamos que sim. Deixe um comentário contando pra gente qual parte você achou mais interessante e, se você já experimentou algum vinho desse tipo, compartilha sua experiência com a gente também!

Mostre mais

Fernando Kobaia

27 anos, Empreendedor digital, escoteiro, escritor, gerente de projetos, entusiasta de novas tecnologias e amante de vinhos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Close