Artesanato

Garrafas de vinho: o que fazer?

Garrafas de vinho, o que fazer com elas? Quando estão cheias, abri-las, obviamente. Quando vazias, uma dica bem interessante para não sair poluindo ainda mais o mundo é reaproveitá-las para fazer objetos decorativos. Desse modo, elas podem conferir um toque especial do mundo enólogo aos ambientes, além de garantir um traço pessoal à sua casa. Aqui vão algumas dicas, acompanhe!

Garrafas de vinho decoradas com fio de juta

Vinho, champanhe ou espumantes, todas podem ser revestidas com juta. Um trabalho bem simples, mas que confere charme e elegância à peça.
Junte duas ou três garrafas de vinho, e enrole-as com juta. Podem se tornar vasos de flores naturais ou artificiais. Use-as para decorar centros de mesa.

Centros de mesa para casamentos

Vai casar e não sabe como decorar os centros de mesa da festa? Pois bem. Uma opção bastante chamativa é reaproveitá-las como suporte para prender a identificação dos convidados. Aqui, usamos até rolhas.  Fica um charme.

SuspensasGarrafas de vinho vaso para flor

Vai fazer um evento ao ar livre no final de semana e dar um toque especial ao ambiente? Posicione-as de forma suspensa! Aqui, use e abuse da criatividade. Amarre cada uma com fios de metal, ou material que dê uma boa sustentação. Finalize com flores, folhas, pisca-piscas.

Revestidas com renda ou tecido

É possível mesclar os revestimentos colocando fitilhos de renda, diferentes tipos de tecido como algodão ou seda. Combine os elementos e brinque com as possibilidades de resultados.

Você fez algum artesanato com garrafas de vinho? Mande para nós e será um prazer exibir aqui!

Continue acompanhando nossas postagens e conheça cada vez mais sobre o universo da enologia e as dicas sobre! Inscreva-se no caminhosevinhos.com para receber as novidades diretamente em seu e-mail, gratuitamente. Participe também do nosso Clube do Vinho, em nossa fanpage.  Será um prazer tê-lo sempre conosco.

Um grande abraço, e tim-tim pra você!

Tags
Mostre mais

Cris Oliveira

Cris Oliveira, Empreendedora Digital, Entusiasta da Enologia, Especialista em Língua Portuguesa, Blogueira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *