Vinícolas

Conheça a história da Fante produtora do Quinta do Morgado

Conheça a história da Fante, produtora do Quinta do Morgado, uma empresa gaúcha, produtora, entre outros, dos Vinhos Quinta do Morgado, os quais caíram no gosto popular nos últimos anos, especialmente dos nordestinos.  Isto se deve ao fato de a empresa oferecer uma linha de bebidas que atende muito ao paladar dos brasileiros, que nem sempre são muito afeitos ao vinho com o aperto dos taninos, traço típico dos mais reconhecidos ou importados. Continue acompanhando!

 Conheça a história da Fante produtora do Quinta do Morgado

A Fante

Localizada em Flores da Cunha (RS), a empresa conta com uma história de mais de 45 anos. Com um crescimento anula em torno de 21%, ela é a responsável pela produção da linha Quinta do Morgado, a qual tem agradado, especialmente, os brasileiros que moram na região nordeste do Brasil.

A linha Quinta do Morgado

Trata-se de uma linha que tem um sabor inconfundível dos vinhedos da Serra Gaúcha. Todos os vinhos são elaborados com uvas cultivadas por mais de 200 famílias típicas da região – e que as fornecem para as vinícolas locais. Toda a colheita é realizada manualmente, o que permite uma seleção cuidadosa do fruto.

Quinta do morgado é bom?

Vinhos para todos os gostos

A linha quinta do Morgado foi desenvolvida para atender a todos os bolsos e gostos. Os vinhos finos e de mesa são produzidos a partir de uvas jovens, sem que haja uma cepa específica. Nesse grupo, são encontrados:

  • Vinho branco de mesa suave e seco;
  • Vinho tinto de mesa bordô suave, meio seco e seco;
  • Vinho tinto de mesa seco e suave;
  • Vinho rosado suave de mesa.

A ainda outros vinhos mais refinados, confira:

  • Espumante rosé;
  • Espumante branco moscatel;
  • Espumane branco demi-sec;
  • Vinho fino tinto tannat;
  • Vinho fino tinto suave cabernet sauvignon.

 Todas as versões são oferecidas em garrafas de 125 ml, 600 ml, 750 ml. Há ainda alguns oferecidos em garrafas de 2 litros como é o caso do vinho branco de mesa suave.

Dica: o consumo e qualquer especialidade da linha Quinta do Morgado deve ser consumida em, no máximo, 5 dias. Depois de aberto, mantenha-o na adega, vedado preferencialmente com rolha de vidro ou outras que possam vedar muito bem, para evitar a oxidação.

Que tal experimentar um Quinta do Morgado e apreciar uma bebida nacional, de qualidade e baixo custo? Depois, conte para gente!

Tags
Mostre mais

Fernando Kobaia

26 anos, Empreendedor digital, escoteiro, escritor, especialista em segurança da informação, entusiasta de novas tecnologias e amante de vinhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *