Curiosidades

Vinho tinto: maneiras de evitar manchas nos dentes

O vinho é considerado uma das bebidas alcoólicas mais prazerosas para a nossa degustação. Uma boa bebida pode proporcionar alegria, bom humor, jovialidade e até mesmo, em pequenas quantidades, ser bom para saúde.

Além disso, degustar uma taça de vinho diariamente, protege ao coração. Ocorre a otimização dos batimentos cardíacos, que provoca a melhora da pressão arterial.

E vale sempre ressaltar que o líquido dos deuses está presente no nosso cotidiano. Seja em eventos sociais, encontros de degustação e até mesmo nas nossas residências. Comprar um bom vinho e degustá-lo em uma noite romântica, ou em um clima frio, ou com amigos é considerado uma das opções mais prazerosas para todos.

Apreciar um bom vinho, não lhe torna um enófilo, ou seja, um especialista. Porém, pode tornar as pessoas muito mais felizes. E não é pelo o efeito que o álcool traz para seu corpo e sim pelo delicioso prazer de ingeri-lo.

vinho pode ajudar a reduzir o risco de depressão
Beber vinho com regularidade ajuda na prevenção de doenças como a depressão.

 

Riscos à saúde bucal e dentes

O vinho tinto contém uma quantidade maior de pigmentos em relação aos outros tipos, por isso, é possível ocorrer danos aos dentes e à estrutura bucal.

Quando ingerimos o tinto, ocorre vários processos que ajudam na aparição de manchas na região bucal e nos dentes. O álcool, presente na constituição da bebida, provoca a redução da saliva e retém mais resíduos, assim, aparecem pigmentos da bebida que formam as manchas nos dentes e na boca.

Outra observação também importante: a acidez do líquido gera maiores sensibilidades aos dentes, deixando-os mais porosos e propensos a absorver os corantes naturais do vinho tinto.

A boa notícia é que é possível continuar desfrutando desse saudável prazer e ainda manter o visual do sorriso em dia.

Prevenção contra manchas de vinhos tintos

Existem várias maneiras de prevenir manchas desagradáveis nos dentes, permitindo um sorriso bonito, sem medo de estar sendo indelicado.

  • Beber água: intercalar a água entres as taças de vinhos degustadas é uma ótima opção. Se for com gás, melhor ainda, uma vez que a carbonatação vai ajudar ainda mais a proteger seus dentes. O importante é não ficar de boca seca.
  • Escovação dos dentes antes da degustação: dentes limpos ficam mais protegidos, devido à eliminação do tártaro, impedindo mais corantes acoplados nele.
  • Aumento da saliva: tente criar maneiras de aumentar a saliva na boca. Fazer refeições durante a ingestão da bebida, ou até mesmo mastigar chicletes aumenta a produção de saliva, o que ajuda na redução do acúmulo de manchas.
  • Alimentos com fibras naturais: um bom vinho combina muito com massas, contudo, ingerir também alimentos com fibras durante às degustações é excelente. Além de remover as bactérias, reduzem as manchas. Alimentos como maçãs, pepinos, couve-flor e cenouras produzem saliva em sua boca e removem o pigmento e os ácidos que podem manchar seus dentes.
  • Lenços umedecidos: guarde sempre lenços umedecido nas bolsas e bolsos podem facilitar a limpeza de seus dentes em momentos imediatos. Como são umedecidos, o contato com o dente faz com que haja um clareamento da mancha encontrada.

Após o vinho? Como agir?

Após a ingestão de algumas taças de vinho, a saliva, já seca, pode apresentar-se da cor do vinho. Assim, antes de escová-los, é importante primeiro enxaguar bem a boca, bochechar com água, para diminuir os ácidos presentes na cavidade bucal. Escovar os dentes logo em seguida, pode prejudicar o esmalte dos dentes, durante a escovação.

É imprescindível também a higiene e a escovação dos dentes, gengivas e línguas. Existem produtos que mantêm a região bucal limpa e higienizada. A escova elétrica, por exemplo, permite uma escovação perfeita na redução de tártaros e placas bacterianas, o que reduz as manchas ao beber vinho. O mecanismo de higiene permite que você desfrute de uma boa bebida e, ao mesmo tempo, ter um paladar saudável.

Caso seus dentes já possuam as manchas indesejadas, o problema é resolvido com limpezas e em algumas situações com clareamento. Ir ao dentista para fazer limpeza e avaliação da estrutura dental, impede o aumento das manchas e, até mesmo, a evolução para um problema maior. Se os seus dentes já estão bem manchados, faça um clareamento e inicie os cuidados após ingestão do vinho.

Mostre mais

Fernando Kobaia

26 anos, Empreendedor digital, escoteiro, escritor, especialista em segurança da informação, entusiasta de novas tecnologias e amante de vinhos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *